Obsessores e a porta entreaberta

obsessores e a porta entreabertaMuitas vezes temos medo dos obsessores, assim como um dia fomos ensinados a ter medo do diabo. Procuro pensar que esses tais obsessores são irmãos que ainda não aprenderam algumas coisas essenciais, mas busco a certeza que vão aprender.

Vale lembrar, é claro, que as influências negativas dos obsessores podem nos prejudicar. Mas sabia que você também possui responsabilidade nessa influência espiritual negativa?

Obsessores e a porta entreaberta

Essa semana ouvi uma charada na qual me inspirei para a reflexão deste texto. A chara dizia algo como: “Quando uma porta não é uma porta?” Jamais iria imaginar uma resposta tão precisa a este tema, mas era o seguinte: “Quando ela está entreaberta”.

Uma porta cumpri o propósito de celar e proteger algo, mas também é uma passagem, por isso devem ser fechadas e trancadas. Dessa forma que protegemos nossas casas, por exemplo. Mas, se deixamos a porta entreaberta, ela deixa de cumprir sua função e ficamos desprotegidos, vulneráveis, mas ressalto que é nossa a responsabilidade de fechar corretamente a porta.

Assim, acredito ser a porta espiritual e psíquica que nos protege das influências de obsessores. Eles ainda não aprenderam as virtudes, as palavras de Cristo em sua verdadeira essência, então cabe a nós primeiramente aprendermos a fortalecer tudo aquilo que aprendemos. Orai e Vigiai sua mente pensando positivamente, vibrando amor, caridade, perdão e boas palavras, boas ações.

Dias ruins não significam que a porta está entreaberta, mas continuar nesses sem esperança de sair e perpetuar a energia negativa, mesmo que inconsciente, demonstra que a porta pode estar entreaberta.

Apenas os mentores e anjos guardiões possuem sua chave espiritual, e lhes foi confiada por Deus, pois Ele sabe que esses bons espíritos podem te auxiliar. Permita que eles entrem em seu lar, proteja e abençoe sua família e seus pensamentos. Confie em Deus e nos bons espíritos e lembre-se sempre: Feche a porta corretamente e sua casa estará protegida.

 

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Assistente de Mídias Sociais na TV Mundo Maior.

 

 

Faça uma doação pelo site: feal.colabore.org

leave a reply

WhatsApp chat