Qual a visão espírita do livre arbítrio?

O livre arbítrio, que nos remete a capacidade de livre escolha, decisão, é uma proposta filantrópica que defende que a pessoa possui o poder de decidir suas ações e pensamentos, de acordo com os próprios desejos.

A pessoa que utiliza o livre arbítrio toma como base uma análise que está relacionada ao meio ou não, e a escolha pode lhe trazer benefícios ou não.

Qual a visão espírita do livre arbítrio?

O espiritismo considera Deus a causa primária de todas as coisas, Ele com sua infinita sabedoria criou as leis divinas, ponto inicial para a nossa caminhada na evolução.  Com isso, o livre arbítrio nos dá a liberdade para escrevermos nossa própria história.

E ainda, na doutrina espírita, não existe destino, predestinação, sorte ou azar. Cada um de nós constrói o próprio futuro através de ações e pensamentos. Escolhemos e determinamos nossos caminhos, usando assim o livre arbítrio.

Na obra “O Livro dos Espíritos”, Allan Kardec, disse que se não tivesse a liberdade em nossos atos, seríamos como uma máquina.

O homem tem livre-arbítrio nos seus atos?

Pois que tem a liberdade de pensar, tem a de agir. Sem o livre-arbítrio o homem seria uma máquina.

Como o livre arbítrio nos deixa responsáveis por todos os nossos atos, depende somente de nós escolher qual caminho seguir (bem ou mal). E ainda, as dificuldades que enfrentamos ao longo da vida são as expiações que queremos passar enquanto encarnados, e as adquirirmos porque somos imperfeitos.

Já outras, são missões que foram pré-planejadas no plano espiritual e aceitas por nós mesmo. Entretanto, lembre-se que nada é imposto, todos possuem o seu tempo para evoluir.

Ou seja, as situações que os espíritos passam tanto no plano espiritual como no material, podem estar relacionadas às escolhas que foram feitas antes do reencarne. E estas escolhas é da responsabilidade de cada um, com isso, cada espírito é responsável pelas consequências, efeitos, e das novas situações que são geradas a partir de suas decisões.

Tenha responsabilidade em suas atitudes e utilize bem o livre arbítrio. E lembre-se que o conhecimento de Deus está dentro de cada um, e somente você saberá o que é bom ou ruim para sua evolução.

Saiba mais sobre o assunto:

Parte I

Parte II

Parte III

Parte IV

 

Fontes: Livro dos Espíritos, Sbee e Oespiritismo

leave a reply

WhatsApp chat